Mangá regressa ao catálogo da LeYa
13 Jul 2022


 

Depois de, no passado, ter sido a editora, em Portugal, de séries como Yu Gi Oh ou Dragon Ball, a ASA volta esta semana a publicar Mangá, um tipo de banda desenhada muito popular no japão e que tem, também, muitos adeptos na Europa e em Portugal. A 12 de julho foram lançados os primeiros volumes de duas importantes coleções: "Cagaster", de Kachou Hashimoto, e "Stray Dog", de VanRah.

 

Sobre o primeiro livro de "Cagaster"

 

Fim do século XXI: uma estranha doença, batizada «Cagaster», faz a sua aparição. Um em cada mil humanos é contaminado por este mal, que provoca a metamorfose dos infetados em monstruosos insetos antropófagos. Dois terços da humanidade são dizimados…. Ano 2125: Kidow, um exterminador com um passado misterioso, tenta levar de volta a jovem Ilie à sua mãe. Mas, para isso, tem de começar por encontrar esta última, e Ilie vai descobrir, na companhia de Kidow, um universo onde o cagaster está longe de ser o único perigo.... Cagaster é uma série em seis volumes, integralmente produzidos pela artista Kachou Hashimoto por sua própria conta e risco, e publicados primeiro no site pessoal da autora, antes mesmo da sua publicação em livro, em França (e antes mesmo da sua publicação no Japão). Resultado: um argumento perfeitamente consistente que se liberta das restrições editoriais impostas pelo sistema de pré-publicação habitual no Japão! Cagaster serviu de base para uma série de animação de 12 episódios estreada em fevereiro de 2020 no Netflix.

 

Sobre o primeiro livro de "Stray Dog"

 

Os Karats, demónios capazes de se dissimularem na sociedade, são criaturas tão aterradoras que obrigaram a humanidade a subjugá-las para se poder proteger. Entre elas, Toru, um Lycan com um destino funesto. Para este Karat, compelido a combater em arenas clandestinas até à morte, o encontro com o doutor Senri Aokideso poderia ser o modo de escapar à maldição que o corrói. Mas, para isso, seria preciso que a besta o aceitasse…. Entre o ser humano e o demónio tece-se então um laço inesperado, que poderá mudar para sempre a existência da filha de Senri…. Verdadeira apaixonada pela História, pelo folclore e pelos simbolismos, VanRah criou Stray Dog com o objetivo de propor, através desta distopia, uma sátira da sociedade passada e atual, denunciando racismo, intolerância e discriminações sociais. Entre outras, a autora destaca essa figura fantástica pouco conhecida que é o lobisomem. A sua ideia foi a de pôr em evidência todo o mistério, complexidade, dualidade e problemáticas que lhe estão associadas. Os seus Lycans estão organizados em clãs, cumprem regras e são objeto de maldições que conferem amplitude e interesse a essas personagens. O seu mundo gótico e futurista evoca o fecundo universo de Anne Rice, que deu toda a amplitude às personagens fantásticas.

 
Rua Cidade de Córdova, 2 (mapa)
2610 - 038 - Alfragide
Portugal

Telefone: +351 21 427 22 00
Telefone de texto para surdos: +351 21 427 22 73
Fax: +351 21 427 22 01

© 2022 - Leya - Todos os direitos reservados | Política de privacidade | Política de Cookies | Livro de Reclamações