Acesso rápido

16 fevereiro 2024

CORRENTES D'ESCRITAS 2024 Encontro de escritores de expressão ibérica celebra a 25.ª edição

A 25.ª edição do Festival Literário da Póvoa do Varzim tem início a 17 de fevereiro. Cerca de 120 convidados, de 16 nacionalidades, entre autores, tradutores, ilustradores, editores, artistas visuais e ensaístas, 31 dos quais estreantes, como a autora espanhola Pilar Adón, publicada este ano pela primeira vez em Portugal pela LeYa/Dom Quixote, marcarão presença na Póvoa de Varzim, para mais um encontro de escritores de expressão ibérica.

 

Como tem acontecido nas edições anteriores, são muitos os autores da LeYa que participam no programa do evento, que se prolonga até 26 de fevereiro. Aqui ficam os principais momentos.

 

No dia 21 de fevereiro, às 16h30, Lídia Jorge protagoniza a sessão Conversas Correntes e, às 17h30, a escritora participa, ao lado de outros autores, numa mesa de debate moderada por José Carlos de Vasconcelos, intitulada “Foge-nos o Tempo já de Decidir”. Na mesma tarde, às 19h30, o nosso colega e editor da Caminho, Zeferino Coelho, protagoniza a sessão Conversas Correntes, com moderação de Patrícia Portela.

 

Na manhã de 22 de fevereiro, às 10h00, Gisela Casimiro e João de Melo, dois autores publicados pela LeYa/Caminho e LeYa/Dom Quixote, participam na mesa de debate “Ontem apenas Fomos a Voz Sufocada”, moderada pela jornalista Isabel Lucas. O autor Helder Macedo, publicado pela LeYa/Caminho, protagoniza a sessão Conversas Correntes, às 12h00. Ainda nessa manhã, pelas 12h30, acontece o lançamento do livro Longos, Versos Longos, de João de Melo (Dom Quixote).

 

A partir das 17h30 do mesmo dia, são apresentados os livros da LeYa/Caminho Poesia Reunida, Seguido de Água Selvagem, de Ana Paula Tavares, Pretextos, de Helder Macedo, e Roteiros Provinciais, de João Paulo Borges Coelho. À mesma hora, Ana Paula Tavares e Sandro William Junqueira participam no debate intitulado “Há Sempre Qualquer Coisa Que Está Para Acontecer”, moderado por Carlos Quiroga.

 

A 23 de fevereiro, às 12h30, o escritor moçambicano João Paulo Borges Coelho é um dos autores que participa no debate intitulado “Minha Pátria à Flor das Águas, Para Onde Vais?”, moderado por Raquel Patriarca. À mesma hora, é lançado o livro De Bestas e Aves, da escritora espanhola Pilar Ádon, autora inédita em Portugal, publicado pela LeYa/Dom Quixote.

 

Na mesma tarde, às 17h30, a nossa colega e editora da Dom Quixote, Maria do Rosário Pedreira participa, ao lado de Sérgio Godinho, na conversa “Não Há Machado que Corte a Raiz ao Pensamento”, moderada por Minês Castanheira. Pelas 19h00, Joana Bértholo participa, com Bruno Vieira Amaral, na sessão Conversas Correntes “Os Filhos Da Madrugada”, moderada por Anabela Mota Ribeiro.

 

No dia 24, às 10h00, a escritora Pilar Adón participa, com outros autores, na mesa “Deu-nos Abril o Gesto e a Palavra”, com moderação do jornalista João Gobern. No mesmo dia, a partir das 17h30, Germano Almeida intervirá, ao lado de Hélia Correia e de outros autores, na conversa “E um Verso em Branco à Espera de Futuro”, moderada por Maria Flor Pedroso.

 

Ainda na mesma data, pelas 18h30, Pilar Adón e Sandro William Junqueira participam numa mesa de debate intitulada “Porque os Outros Se Calam Mas Tu Não”, moderada por Manuel Alberto Valente, numa extensão do festival a acontecer no Instituto Cervantes, em Lisboa.

 

Como previamente avançado na LeYa Sempre de 2 de fevereiro, há seis livros publicados pela LeYa entre os 13 finalistas deste prémio.

 

São eles: Apoteose dos Mártires, de Mário Cláudio (Dom Quixote), Montevideu, do catalão Enrique Vila-Matas (Dom Quixote), A História de Roma, de Joana Bértholo (Caminho), O Caçador de Elefantes Invisíveis, de Mia Couto (Caminho), Um Cão no Meio do Caminho, de Isabela Figueiredo (Caminho) e A Vida Airada de Dom Perdigote, de Paulo Moreiras (CASA DAS LETRAS).

 

O vencedor será conhecido no dia inaugural do evento, 21 de fevereiro, e o prémio será entregue a 24 de fevereiro, durante a cerimónia de encerramento do festival.

 

Podem consultar aqui o programa completo do Correntes d’Escritas 2024.

Notícias

05 abril 2024

A par dos lançamentos das várias chancelas da LeYa e de outras editoras, a Livraria Buchholz continua a apostar em propostas programáticas ecléticas, enquanto...

05 abril 2024

O Clube de Leitura da Buchholz continua a alargar a sua comunidade de LeYtores.

05 abril 2024

Foi a 2 de abril, data em que se comemora o Dia Internacional do Livro Infantil, que a LeYa, em parceria com a Disney e a Missão Continente, participou na entrega simbólica do valor...

05 abril 2024

É já no dia 9 de abril, em Santarém, que damos o “pontapé de saída” na campanha escolar de 2024/2025 com o lançamento do superprojeto para o...

28 março 2024

A LeYa Educação volta a associar-se à Make-A-Wish numa atividade solidária, com o propósito de ajudar a realizar os desejos de crianças e jovens gravemente...

22 março 2024

O Dia Mundial da Poesia, celebrado a 21 de março, comemora a "diversidade do diálogo, a livre criação de ideias através das palavras, da criatividade e da...